quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Amor e confiança: a verdade dentro de você


Atualmente vivemos num mundo onde tudo acontece muito rápido, as informações chegam praticamente de modo instantâneo de um lado a outro do mundo, as pessoas não tem mais tempo nem para si mesmas e essa falta de atenção gera desconfiança – as pessoas têm dificuldade em acreditar na verdade, independente de toda comunicação existente. O excesso de informações faz com que a mente fique no controle, ditando o certo e errado, julgando sem saber. O vazio provocado pela mente, a falta de amor, de ouvir o coração, leva ao medo, à desconfiança.

A desconfiança é da mente, do ego. Existe desconfiança quando você não sente com o coração, quando você não usa da intuição para sentir, para saber que você pode relaxar e ter a certeza que o Universo está ao seu favor sempre, sem exceções.  

Do que você sente medo?

Pessoas desconfiam de outras por vários motivos. Quando falo de desconfiança, abro um leque de situações como desconfiar em negócios, nos relacionamentos, seja esses amorosos ou de amizades ou ainda, simplesmente desconfiar do próximo. Algumas pessoas vivem o que é chamado de mania de conspiração. Determinada situação surge e a mente simplesmente cria o pensamento de que existe conspiração contra você. Você por exemplo marca um encontro de negócios num restaurante e então a pessoa atrasa. Você tenta ligar para ele e o celular está fora de área e então sua mente começa imaginar que tudo está conspirando contra você. Você olha ao redor e fica imaginando o que as pessoas estão pensando de você; imagina porque a pessoa não chega, “será que esqueceu”, “será que está fugindo”, “vou ficar aqui de bobo?”. E então você fica ansioso, fica desconfiado, fica nervoso. E quando você está em total caos interior, então, aparece o cidadão. Ele diz a você ele teve um imprevisto no trânsito (como algum acidente) e seu celular está sem bateria. Ainda assim você pode seguir por dois caminhos: ou você acredita, relaxa, compreende a situação e tudo fica em paz ou então você pensa: “que nada, esse cara ta me enganando, inventando desculpas...”. Muitas vezes essas “desculpas” parecem tão falsas, você desconfia e então, o mundo te leva à verdade. Passado o momento, você vê ao seu lado duas pessoas almoçando e comentando: “nossa, o acidente foi feio – interrompeu a pista um tempão”. Passado o almoço, você convida a pessoa para ir até sua casa e lá ele pede para você: “posso colocar meu celular carregar?”. Então você talvez admita que estivesse enganado sobre toda a conspiração que gerou em sua mente. Em relacionamentos amorosos diversas brigas e mal entendidos podem acontecer devido ao medo, à desconfiança. Diversos exemplos podem ser criados para demonstrar como a desconfiança pode gerar problemas em sua vida, mas seja qual for o caso, a mente, o ego, o medo, sempre será o causador disto.

A desconfiança pode transformada em confiança quando existe amor. O amor não pelo outro, mas amor dentro de você! Quando existe amor interior você se sente completo, sente a conexão com o Universo. A pessoa que tem essa qualidade dentro de si confia plenamente no seu sentimento e, portanto, confia no próximo. A pessoa que ama possui intuição, não permite que o ego a engane, não permite desconfiança, ela apenas relaxa. Você apenas terá certezas, será um sentimento de calmaria, de confiança. No amor verdadeiro a verdade é implícita, não existe conspiração, não existe desconfiança. Você olha nos olhos da pessoa e sente a verdade, você confia. A energia do amor-confiança é tão intensa que a pessoa a sua frente não terá a capacidade de mentir – será facilmente desmascarada. Não existe escuridão na presença da luz. Não existe medo e desconfiança na presença do amor.

Viva uma vida plena, amorosa. Ame a si mesmo e descubra a verdade dentro de você; sinta a confiança que existe dentro de você, sinta como você está conectado ao Universo – deixe fluir o amor e a confiança dentro de você e seja feliz!

Vinícius Casagrande Fornasier

Um comentário:

  1. Seus textos são ótimos, li todos sobre relacionamentos e compartilhei no facebook, estou construindo um amor com uma pessoa e esse texto foi bem útil para reforçar alguns conceitos que eu já acreditava, obrigado!

    ResponderExcluir